Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo
Esperança
-
A Esperança

-

A Esperança não murcha, ela não cansa,
Também como ela não sucumbe a Crença.
Vão-se sonhos nas asas da Descrença,
Voltam sonhos nas asas da Esperança.

Muita gente infeliz assim não pensa;
No entanto o mundo é uma ilusão completa,
E não é a Esperança por sentença
Este laço que ao mundo nos manieta?

Mocidade, portanto, ergue o teu grito,
Sirva-te a Crença de fanal bendito,
Salve-te a glória no futuro - avança!

E eu, que vivo atrelado ao desalento,
Também espero o fim do meu tormento,
Na voz da Morte a me bradar; descansa

- Augusto dos Anjos -
-
Como se não bastace Carlos Drummond, Mario Quintana e Fernando Pessoa agora estou lento também Augusto dos Anjos. Gostei muito da forma que ele coloca as palavras como todos grandes mestre ele supera apenas o papel dando vida aos pensamentos e as palavras.
-
Linha
-
  • E não deixe de conferir:
Fernando Pessoa - Poema do Dia: “Chove”

Um Abraço…
Até Breve!

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe”

{“Oscar Wilde”}

7 Respostas to “Mestres”

  1. Bill - Escudeiro da Rainha Says:

    Aeeee mano…
    Augusto dos Anjos… Um dos poetas mais estranhos do seu tempo…
    Descreve a alma e a desgraça com os mesmos versos… Com a verdade crua que muitos ainda se chocam ao ler sua obra completa, é um poeta único, que para mim se assemelha um pouco com Ivan Junqueira.
    Poesia nunca é demais…
    Vamos que vamos….

    Quem foi que viu minha Dor chorando?
    Saio. Minha alma sai agoniada.
    Andam monstros sombrios pela estrada
    E pela estrada, entre estes monstros, ando!

    Bati nas pedras de um tormento rude
    E a minha mágoa de hoje é tão intensa
    Que eu penso que a Alegria é uma doença
    E a Tristeza a minha única saúde!
    {AdA}

    Toca o barco….

    [s]s

  2. Indianira Says:

    A vida se torna mais difícil se não depositamos nela sementes de esperança para que em nós se faça nascer a coragem e vontade de viver pra fazer acontecer.Beijos.
    .
    “Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende.” - João Guimarães Rosa

  3. Diana Says:

    Bom dia…..

    Aprendendo com vc…Bill….e muitos outros a conhecer mais a poesia….
    Bjs…

  4. Bruna Mendes Says:

    Augusto dos Anjos… Um dos poetas mais estranhos de seu tempo. De vem em quando me pego lendo algumas poesias dele.

    Você tem muito bom gosto! Nem todos gostam de poesias…

    Beijos

  5. Marie Says:

    Olá Dj,
    além das poesias….minha outra paixão são as fotografias….
    belíssima imagem….linda mesmo!!!
    ….esperança…sempre!!!
    bom fim de semana pra ti,
    beijinhos.

  6. Ramiro Junior Says:

    Augusto dos Anjos é da hora… Essa Imagem que vc postou é muiiitttooo loka!!!

  7. Faby Tedrus Says:

    Tem uma frase sobre esperança que diz “A Esperança é a última que morre, mais é a primeira que mata” Interessante neh?!
    Tem post novo no meu blog, passa lá
    bjão

Deixe sua resposta!!