Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

Sintaxe À Vontade

Sem horas e sem dores
Respeitável público pagão
a partir de sempre
toda cura pertence a nós
toda resposta e dúvida
todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser
todo verbo é livre para ser direto e indireto
nenhum predicado será prejudicado
nem tampouco a vírgula, nem a crase nem a frase e ponto final!
afinal, a má gramática da vida nos põe entre pausas, entre vírgulas
e estar entre vírgulas pode ser aposto
e eu aposto o oposto que vou cativar a todos
sendo apenas um sujeito simples
um sujeito e sua oração
sua pressa e sua verdade,sua fé
que a regência da paz sirva a todos nós… cegos ou não
que enxerguemos o fato
de termos acessórios para nossa oração
separados ou adjuntos, nominais ou não
façamos parte do contexto da crônica
e de todas as capas de edição especial
sejamos também o anúncio da contra-capa
mas ser a capa e ser contra-capa
é a beleza da contradição
é negar a si mesmo
e negar a si mesmo
pode ser também encontrar-se com Deus
com o teu Deus
Sem horas e sem dores
Que nesse encontro que acontece agora
cada um possa se encontrar no outro
até porque…

tem horas que a gente se pergunta…
por que é que não se junta
tudo numa coisa só?

O Teatro Mágico

Linha

Ótima semana pra você, forte abraço!

Linha

  • Leia:
Fernando Pessoa - Poema do Dia: “XXI”

2 Respostas to “Só para Raros”

  1. India Says:

    Achei lindooooo! Boa semana pra ti!!!

  2. Juliana Santos Says:

    Que nesse encontro que acontece agora
    cada um possa se encontrar no outro
    até porque…

    tem horas que a gente se pergunta…
    por que é que não se junta
    tudo numa coisa só?

Deixe sua resposta!!