Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-
Amor é Síntese

-

Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu…
Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.

-

Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.

Mário Quintana
-
Linha
-
Até a próxima…
  • Confira ainda:

7 Respostas to “Pedido”

  1. Jackie Says:

    Olá meu grande amigo Dj! Que saudade desse seu cantinho!!! obrigada por passar no meu e justo na reestréia hein!!! Que legal!!! Bjokas!

  2. Sammyra Says:

    Eeeeeeeiita, Dj… essa frase foi tãão necessária pra mim hj…
    Brigadão!
    Beijo, amigo!

  3. India Says:

    Amei esse post.A minha cara!!!!Em síntese, cê sabe que eu te amo né?!

  4. Fernanda Kinuko Says:

    http://www.divinaciencia.com >> auto realização íntima do Ser, e viagem astral… é interessante e co relaciona-se com o que vi e li aqui.

    beijos, boa semana

  5. Genérica Paraguaia Says:

    E quem não é o juíz decisor?? Todos nós analisamos e medimos os outros, mesmo odiando quando isto é feito conosco.
    Cortamos a cada dia pessoas em fatias… e amamos loucamente… de louca.. que loucura é viver!

  6. Julis Says:

    Eu simplesmente AMO Mario Quintana!!!!

  7. Cissiane Says:

    Mario Quintana… Amoooo ele… Nos poemas dele sempre tem um pouquinho de mim… Esse então é um dos meus preferidos.
    Beijo,
    e um ótimo “restinho” de semana pra vc!

Deixe sua resposta!!