Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo
-

o vento morria de tédio
porque apenas gostava de cantar
mas não tinha letra alguma para a sua própria voz,
cada vez mais vazia…
tentei então compor-lhe uma canção
tão comprida como a minha vida
e com aventuras espantosas que eu inventava de súbito,
como aquela em que menino eu fui roubado pelos ciganos
e fiquei vagando sem pátria, sem família, sem nada neste vasto mundo…
mas o vento, por isso
me julga agora como ele…
e me dedica um amor solidário, profundo!

Mario Quintana
-
Linha
-

Excelente Semana.

  • Leia ainda

7 Respostas to “Suave”

  1. Indianira Says:

    E o que é mesmo a vida senão um sopro de vento que passa lindamente por nós hã?!Vim agradecer o comentário lá no blog. Senti sua falta por lá mas entendo seus motivos. Saiba que te gosto muito.Beijos.

  2. Diana Says:

    Bom dia……

    Pra vc tb uma boa semana….
    Bjs….

  3. Bill Says:

    La la la la la =]

    Imagem muito linda mano.. Show…

    Quintana roxx sempre…

    E la vamos nós para uma nova semana, que seja ao menos boa =]

    E toca o barco ^^

    [s]s

  4. Jana Says:

    Uma perfeita sintonia entre texto e imagem…

    Beijos

  5. Marie Says:

    Querido Dj,
    adoro ventos…ventania…
    menino….e essa imagem? amei !!!
    um ótimo feriado pra ti,
    beijinhos no seu coração.

  6. Claudinha Says:

    Recentemente também falei do vento, ele me fascina…
    Beijos e não deixe de aparecer!

  7. Caíla Says:

    passando para um alô…
    Beijos

Deixe sua resposta!!