Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo
Eles

Então, antes de qualquer coisa escrita. O “post” hoje é diferente. Eu, Uma Borboleta [Dama de Companhia da Rainha de Copas], assumo o compromisso de escrever para o Moço daqui uma pequena grande história… Hoje, Ele [se querem saber] estará escrevendo no meu endereço: http://www.prahoje.com.br/india.

-

Ela tinha uma vida sem euforia e pouca perspectiva que se pudesse imaginar. Os dias iguais. Comuns. Nem tanto. De três meses para cá “alguém” tentou incessantemente tira-la do marasmo de solidão ao qual se encontrava seu coração. E quando não se espera tudo alcança e esse alguém apostou suas fichas coloridas na borboleta ainda desconhecida do seu interesse.

Ela estava ali. Sempre. Na sua. Tanto que pouco percebeu a tentativa das demonstrações do seu afeto. É que enquanto tudo isso acontecia, ela apenas sonhava com seu príncipe encantado. Enfim quem sabe o dia que iria encontra-lo? Ainda não sabia. Mas de uma certeza ela tinha. A de que quando ele aparecesse aqui, no celular, na caixa do correio, ele deixaria o seu dia mais bonito, mas colorido, mais musical, mais leve. Ele utilizaria expressões como bom dia, boa tarde, boa noite, durma bem, sonhe com os anjos, sinto sua falta… Tudo o que ele falasse seriam como borboletas no seu estômago em felicidade. Utopia, sonho…? Talvez. Quem sabe? Ela pensa não ser impossível e totalmente fora do seu alcance.

Ele. Sempre constante e encantador. Amigo, companheiro, fiel. Tudo nele é bom, é doce, é sensível, é educado. Tem um apurado senso de humor e gosta de cinema, de livros e dos risos dela. E numa dessas conversas virtuais ela sente que ele falta dizer que quer enroscar seus pés gelados debaixo do seu cobertor quente.

Mais que um sonho ou utopia, ela sabe bem que anda longe de ser uma princesa e do conto de fada que tudo isso envolve…Ela é tímida, desastrada, despachada [ele diria sincera]. Ela é borboleta. É ser e estar e gosta de coisas simples, de seres imperfeitos, aqueles com defeitos tão gritantes que fazem com que ela acabe se apaixonando por cada um deles. Dizem que o amor à gente inventa. E o seu amor é assim. Um misto de grossura com doçura. Já experimentou aquele bombom azedinho? Pois é, meu amorzinho é assim. Aparentemente azedo, mas com uma doçura no final que só eu conheço…

Aqui é a casa do Moço que parece ser a cura de todas as minhas dores. E que me trouxe aos poucos sem que muito eu percebesse uma vida com sonhos, desejos, esperanças, sabores, um sentimento nobre e puro, a fé, mas acima de tudo devolveu-me a alegria perdida ou até escondida e guardada a sete chaves. Uma porta que Ele abriu. E eu feliz, só posso deixar que esse Moço entre para que juntos formemos nossa aquarela de cores todos os dias.

Espero que tenham gostado da história que conta um pouco da minha vida. Beijos Carinhosos a todos.

Uma Borboleta

11 Respostas to “A casa do Moço”

  1. Rainha de Copas Says:

    que lindo, lindo, lindo! amei essa ideia de vocês! quem sabe eu faça isso um dia com o escudeiro!

  2. Dj - Bobo da Corte Says:

    Aeeee Blogger novo da Índia uhuuuu… Opa! Esse Blogger é o meu oras. ¬¬

    Ei moça, foi muito lindo oque escreveste pra mim, nem tenho palavras pra tentar alcançar tanto carinho, só tenho a dizer que você é tudo de bom!

    Um Super Beijo!!!!

  3. Nobre Senhora do Reino Says:

    Já pra casa menina!!! rsrs

    Como é gostoso quando os sonhos se transformam em realidade, mesmo que nada “ortodoxa”.
    Seu texto ficou lindo e o carinho que devota à ele, patente.
    E a imagem está perfeita!! Leve e alegre, como a vida deve ser!!
    Torço por sua felicidade! Torço por vocês!
    Adoro-te! Você mora no meu coração…

    Bjs do tamanho do mundo!!

    P.S. Vê se não erra o caminho de casa… hahaha

  4. Blanda Says:

    Nossa, que lindo. Vocês dois, hein, estão afiadíssimos no amor :o)

  5. Blanda Says:

    Ops, a carinha era essa aqui: :-)
    risos… nunca posso colocar minha carinha com nariz de batata que vira uma carinha assustada…
    beijo para os dois.

  6. Dama de Companhia Says:

    Oi, Moço. Fico feliz em saber e sentir a sua alegria. Eu só posso é agradecer por tudo o que fazes e fizeste por mim.Espero que sempre caminhemos juntos.Muitos beijos!!!

  7. Te® - Lady Tequila Says:

    Lindo! Adoro ler histórias felizes, esta parece um conto de fadas (MODERNO). Que os dias de vocês continuem coloridos e se colorindo…

    Muitos beijos!!!!!

  8. Bill - Escudeiro da Rainha de Copas Says:

    ó.Ò

    Eu…. Nem vou falar nada hahahha

    Felicidades para os dois, sabem disso né =]

    =]

    :********
    [s]s

  9. Patty Says:

    Nossa q lindo tudo isso, adorei!
    Dj q saudade de tu meu amigo, tá tudo bem???

    Seu blog como sempre é um encanto só.
    Beijo pra vc e pra borbleta!

  10. Marie Says:

    ai meu Deus !!!
    isso é lindo demais !!!!
    menina do céu !!! agarra esse moço !!!
    hehehehe
    que idéia genial essa troca de blog!!!
    amei!!!
    e lá no fundo….é como se vcs tivessem feito uma visita….é sim….um recebendo o outro na sua casa…de coração aberto…com muita alegria….aquele sorriso enorme nos lábios…e aquela vontade louca de poder se tocar….se beijar….
    ah….eu tô viajando na história de vcs dois…
    quantos quilometros de Minas até o Piauí?
    hummmm??!!
    muiiiitas alegrias para ambos !!! e vivam sim!!! toda essa história de amor !!! afinal….dessa vida….não levamos absolutamente nada…
    beijinhos no coração de ambos!!!

  11. B R E N A Says:

    Gente… quanta honra! Alguém com idéias tão bacanas gostar do que eu escrevo!
    Lisonjeadíssima!!!!
    Beijos

Deixe sua resposta!!