Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

No pouco tempo de passou,
os momentos que vivemos,
suas lágrimas, seus sorrisos,
permanecem em meus pensamentos,

Pensamentos que conseguem provocar
um último sorriso no canto da boca,
um último brilho nos olhos,
um último suspiro…
Mas que depois de algum tempo
passam a me torturar.

Sabe,
dói tanto saber que não me quer mais,
que já não pensa como antes,
saber que era para ser, mais acabou asssim.

Quem sabe eu me levante?
quem sabe eu desista…
É… eu tinha um sonho.
E ele era você.

Mas te queria tanto.
E o qanto meu coração podia
não me deixava dúvida alguma.
Eu sei disso.
E pensei que você também soubesse.

Está tão díficil aceitar.
Minhas palavras já não tem mais efeito
Tristeza. Agonia.
Me sinto só em qualquer lugar.

Nunca me passou pela cabeça te esquecer,
e não vai ser agora.
Mas te ver escapar por entre meus dedos
talvez seja mais do que eu possa aguentar.

Eu tinha um sonho
e não era um sonho apenas meu
tudo aquilo que eu sentia,
todos aqueles sentimentos,
também eram seus.

Quantas vezes me questionei
porque tanto para alguém?
Parecia não fazer sentido
e realmente não faz…

Se não tenho o que preciso,
Seu olhar, seu sorriso.

Se eu não tenho o que desejo,
seu abraço, seu beijo.
.

Flávio Wetten

Linha

Um Feliz Natal a todos que me acompanham, obrigado por estar comigo mais um ano. Agradeço o carinho que sempre tem comigo e com o Blogger. Grande abraço e até breve!

Linha

2 Respostas to “Cartas…”

  1. Cacau Says:

    encontrei seu blog por acaso e me identifiquei muito com o que escreve.
    bjs

  2. Su Says:

    Lindo poema!

    um feliz 2010 pra vc!

    Bjosss!

Deixe sua resposta!!