Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

Simpatia
(A minha menina flor)

Simpatia - é o sentimento
Que nasce num só momento,
Sincero, no coração;
São dois olhares acesos
Bem juntos, unidos, presos
Numa mágica atração.

Simpatia - são dois galhos
Banhados de bons orvalhos
Nas mangueiras do jardim;
Bem longe às vezes nascidos,
Mas que se juntam crescidos
E que se abraçam por fim.

São duas almas bem gêmeas
Que riem no mesmo riso,
Que choram nos mesmos ais;
São vozes de dois amantes,
Duas liras semelhantes,
Ou dois poemas iguais.

Simpatia - meu anjinho,
É o canto do passarinho,
É o doce aroma da flor;
São nuvens dum céu d’Agôsto,
É o que m’inspira teu rosto…
- Simpatia - é - quase amor!

Casimiro de Abreu

Linha

Agradeço por sua visita e até breve!

Linha

  • Leia também:
Fernando Pessoa - Poema do Dia: “Símbolos”

1 Resposta to “São dois”

  1. *Flor Says:

    Ninguém me canta
    como você
    ninguém me encanta
    como você
    nem me vê
    do jeito
    que só você
    me vê

    de que adianta
    ter olhos
    e não saber ver
    ter voz
    mas não ter o que dizer
    digam o que disserem
    façam o que quiserem
    ninguém diz
    ninguém vê
    ninguém faz
    como você
    ninguém me canta
    ninguém me encanta
    como você.

    Sempre sua só sua.
    *Flor

Deixe sua resposta!!