Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

Quando te vejo
sinto uma euforia
tomar meu ser
Este magnetismo
inexplicável que me
atordoa, como uma atração
que me confunde…
sensorial ou fantasia
é que não me falta
fantasias…
Alço vôo
com tanta facilidade
que horas penso
que meu mundo
não é daqui
Só mesmo, olhar para ti
para me aterrissar
ou ainda mais
me confundir…
Enquanto nesta incerteza de
um sonho duvidoso
Tentando
entender…
Ainda que neste
momento quando busco
o seu ser…

mfpoton

Linha

Ótima semana para você!

Ps.: Te amo *Flor


Linha

  • Leia também:

2 Respostas to “Quando busco”

  1. *flor Says:

    “Afinidade acontece.
    Um mesmo signo, um mesmo par de sapatos caramelo, um mesmo livro de cabeceira. Afinidade acontece entre seres humanos. A mesma frase dita ao mesmo tempo, o diálogo mudo dos olhares e a certeza das semelhanças entre o que se canta e o que se escreve.
    Afinação acontece. Um mesmo acorde, um mesmo som, uma mesma harmonia. Afinação acontece entre instrumentos musicais. A mesma nota repetidas vezes, a busca pela perfeição sonora e a certeza das similaridades entre um tom acima e um tom abaixo. A incrível mágica acontece quando os instrumentos musicais descobrem afinidades humanas entre si no mesmo instante em que os seres humanos descobrem afinações musicais dentro deles mesmos”…

    Ps.: Te amo *Flor
    Ps.: Mais que eu a ti?…duvido…rs…Te amo de paixão…

  2. Su Says:

    Belo poema!!!

    bjosss!!!

Deixe sua resposta!!