Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

Descoberta

A cada passo me descubro
Quando me olho é você que vejo
Você é minha verdade
Encontrei-me, exatamente como sou
Sedenta de vida… De amor
De me entregar por inteiro
Quero-te vida… Todos os dias
A todo o momento
Seja como for… Simples assim
Abraçar-te e dizer que estou aqui… Sempre
Pronta para tudo aquilo que te faz feliz…
Para amar e me deixar ser amada
Tua presença é tão forte neste momento
Que a emoção me invade, tomando conta do meu ser
Falta-me sanidade
Você é meu refúgio, minha fortaleza
Minha força, minha fraqueza
Com você vou de encontro com meus desejos
Minhas fantasias… Meu êxtase
Para você amor, sou mais eu sempre
Cabeça fresca, corpo e mente em um frenesi de sensações
Que jamais pensei sentir um dia
Posso amar… De qualquer forma
Em qualquer tempo… Sem pudor
Sem medo do vir-a-ser
Você sorriu e me fez engolir um Eu te amo
Me fez saber que sou amada por ser eu mesma
E pude perceber que não me basta sua paixão
São seus braços que vão saciar meus desejos
E deter meus temores
Há tanto a ser dito
Mais será que ainda há algo que deva ser dito
Depois de tanto amor
É por tudo isso que te amo tanto…
De novo
Tanto

By Kassy

Linha

Quero deixar registrado aqui meu agradecimento a Kassy, uma poetisa que colaborou com post de hoje, espero que ela continue acompanhando o Neurose de Mim Mesmo e sempre nos agracie com seus poemas lindos.
Excelente fim de semana a todos

Linha

Linha

  • Acalente sua alma:
Fernando Pessoa - Poema do Dia: “09″

1 Resposta to “Frenesi”

  1. Karina Says:

    Estou extremamente feliz com a publicação da minha poesia no seu blog.
    Sabe que fiquei emocionada com seu registro, porque até o dado momento ainda não tinha me passado pela cabeça a palavra POETISA.
    Voc^we é uma pessoa super sensível, e fico feliz por fazer parte disso.
    Beijo grande!
    Karina

Deixe sua resposta!!