Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-

Pra quem nunca esteve no teatro mágico…
O que vai acontecer agora é algo muito simples;
A gente vai falar daquilo que é obvio;
E o obvio muitas vezes deixa de ser obvio e explicito para muitas pessoas diariamente;
A poesia que passa por nos despercebida;
A coragem que nos falta em determinado momento;
A palavra que nos falta na hora exata;
O gesto que eu deixei pra ontem e hoje não me cabe mais;
Ontem já passou… acabou;
Daqui a pouco não existe ainda;
Daqui 15 minutos não existe ainda;
A gente só tem agora pra olhar no olho;
Pra reclamar;
Pra conversar;
Pra falar: “olha era pra ter respeitado ficado de pé ficado sentado blá blá”;
E depois logo em seguida reconhecer a gente só tem agora pra SER e ESTAR essa é nossa unica oportunidade;
Eu não sei quantas são as pessoas e para quais são as pessoas ao qual a gente poderia falar isso;
E muita gente não nem esta aqui hoje e que gostaria de ouvir isso;
De você e talvez você nem saiba o quanto é importante uma palavra tua pra alguém;
E isso pode parecer a coisa mais obvia e brega do mundo;
Mais não é!
Por isso, com muito carinho toda a trupe apresenta pra vocês…

- Só Enquanto eu respirar, vou me lembra de você, Só Enquanto eu respirar -

Fernando Anitelli - O Teatro Mágico
-
Linha
-
Um fim de semana perfeito para você!!!
-
Linha
-

-
  • Leia ainda:

2 Respostas to “O Teatro Mágico”

  1. Juliana Santos Says:

    Depois de muito tempo, estou eu aqui novamente, inundada de poesia depois de assistir esse espetaculo, Tetro Mágico, é a poesia viva se espalhando pelo mundo, e contagiando os que se deixam, a arte em toda parte…

    bjim

  2. Mayara Lua Says:

    A beleza da simplicidade se perde a cada amanhecer automático, a cada cor ignorada, a cada beijo guardado, e abraço esquecido entre bom dias sem sabor e boa noites sem sonho, afinal temos datas para dizer “vc é importante” é um dia dos 360, temos data pra dar chocolate ou presente de fita vermelha o que muitas vezes esquecemos é que também temos data pra se arrepender “Devia ter me importado mais com o que era importante” a data temperada de perda. Tudo acaba, tudo vira ontem… é óbivio, e mesmo assim colecionamos disperdícios. Minha pele ainda está arrepiada não só li esse texto mas ouvi em um vídeo.. Aniteli eu não precisava estar aquela noite assistindo/fazendo perte da trupe, precisaava apenas ter contato com sua arte para reelembrar do meu agora a muito encaixotado. Sou loucamente apaixonada pelo seu trabalho. Parabéns por escolher aceitar seu Dom. Um sorriso com carinho!!

Deixe sua resposta!!