Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo

-
Quando a vida passa diante dos olhos você toma um gosto de viver sem igual, tudo tem sabor adocicado e nada é tão desgastante como era antigamente. Quando nos vemos em situação de risco ou até situação de morte pensamos o porque não fizemos milhões de coisas diferentes, aquele sorriso sincero, aquele aperto de mão, aquele abraço apertado, aquela palavra de carinho e tudo isso é simplesmente pó pois o arrependimento dói demais. Precisamos viver sempre experimentando tudo como se fosse a ultima vez, não no sentido dramático da palavra mais no sentindo de viver e aproveitar cada instante que ainda temos aqui.
Dj
-
Linha
-
Excelnte semana e até breve
-
  • Leia também:
Fernando Pessoa - Poema do Dia: Quinta”

3 Respostas to “Diante dos Olhos”

  1. Rosangela Says:

    POr isso que é sempre bom nos arrependermos do que fizemos e não do que deixamos por fazer. A vida é curta…
    Beijos e um lindo fim de semana…

  2. Dayene Says:

    é por isso que eu quero aproveitar cada segundo com você…
    e a vida não é curta ela dura o tempo sulficiente…
    mas nós bobos não acreditamos que a morte esta mais próxima do que imaginamos…
    bjooo :*

  3. Micha Says:

    concordo com vc..assim q tento viver.
    carpe diem.

    …… @@ ……… um abraço
    ….@(`;`)@……..e um ótimo
    0==/–\\\\==0…..fim de semana
    …../___\\\\………..
    ….._| |_………..beijossss

Deixe sua resposta!!