Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo
Turno da Noite, Vol. 1

-
Leia sobre esse livro, clique aqui

O Turno da Noite surgiu para agitar o submundo. Quatro vampiros recém trazidos para a vida noturna são atraídos por um vampiro ancião que vive em São Paulo. Ignácio Oferece proteção e ensinamentos para os novatos em troca de suas habilidades para lutar contra o crime organizado. Uma mistura explosiva que vai sacudir a cidade e mergulhar o leitor em suspense, ação e mistério. Vampiros, lobisomens e anjos se misturam num conflito onde não sabemos ao certo quem é herói e quem é bandido.
-
Um Trecho do Livro:
-

(…) O vampiro sentou-se mais para a beirada. Os pés batiam nas paredes externas do edifício. O vento passava ligeiro agitando seus cabelos. Suas roupas negras deixavam-no mimetizado em meio ao céu escuro. Mesmo estando no telhado do prédio, no trigésimo quinto andar, conseguia enxergar bem o calçamento público há mais de oitenta metros de altura.
Também não tinha medo de uma rajada mais forte derrubá-lo da beiradinha. Sua cabeça não se preocupava com isso. Um sorriso fino enfeitava sua boca(…)

-

(…) O vampiro levantou-se e saltou para baixo. Seu corpo desceu, despencando no ar, aumentando de velocidade. De repente a queda parou. O vampiro tinha alcançado uma saliência no prédio, uma mureta que guarnecia algumas sacadas mais destacadas do vigésimo andar para baixo. Rodou o corpo voltando a ficar de pé na altura do décimo quinto andar parou na sacada, com leveza impressionante. Olhou para dentro do apartamento. As portas corrediças de vidro estavam abertas.
Tudo certo, como planejara. Aquela casa não era selada para ele. Seu jogo de sedução fizera os lábios da mulher pedir sua vinda, fazer o convite. Era como se um muro invisível se dissolvesse. O vampiro colocou o pé para dentro. Vagou pela sala escura e vazia. Atravessou o corredor chegando ao quarto principal. Empurrou suave a porta. Seus olhos brilharam quando a viu deitada na cama. Lingerie. Corpo exuberante. Cabelos negros longos. Ele caminhou sem nem mesmo o ar se dessa conta. Estendeu suas mãos brancas na direção da mulher. Seus dedos tocaram sua perna com leveza. Depois deixou a palma inteira acariciar a coxa da mulher. Deitou o corpo para frente e beijou o pescoço da vítima. A mulher, sem agito nem susto, despertou e abriu os olhos. Fitou demoradamente o homem pálido ao seu lado. Seus lábios separaram-se sensuais. A mulher sorriu. Abraçou o vampiro sem saber que era esse seu último abraço. Chamou seu nome sem saber que era a última vez que falava.
- Samuel.
O vampiro debruçou-se novamente sobre a mulher. Dessa vez suas mãos não eram mais suaves nem carinhosas. Agora seus músculos estavam tesos e determinados. A boca se abriu e os dentes pronunciados encontraram a pele da vítima. As presas cravaram firmes e indefectíveis. Samuel não se importou com os gemidos de dor. Samuel não se importou com o sacolejar da mulher. Samuel não se importou com nada. (…)

-
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século

1 Resposta to “Turno da Noite, O Vol 1 - Os Filhos de Sétimo”

  1. PERSEFONE Says:

    ESSE LIVRO É EXCELENTE, MAS AINDA NÃO TIVE OPORTUNIDADE DE COMPRAR O PRÓXIMO: “O LIVRO DE JÓ”. ENFIM,CASO ALGUÉM TENHA E QUEIRA ME EMPRESTAR, SAIBA QUE DEVOLVO INTEIRO E DO JEITO QUE PEGAR…

Deixe sua resposta!!