Neurose de mim mesmo Malvados Subscribe to my feed

Fernando Pessoa Estou ouvindo

Estou ouvindo
Ser
Mais uma vez ele acordou, sabia que agora estava livre mais uma vez do corpo humano nunca entendeu porque estava “preso” naquele corpo.
Tantos outros como ele e nenhuma historia igual à sua, ter sempre que voltar ao corpo humano quando o sol nascesse, mais ele também não entendia os últimos acontecimentos, pois parecia que o corpo que habitava estava pesado e triste. Será que estava encarnando de vez?
Subitamente bateu a dúvida de nunca mais poder sair e nunca mais voar, sentir aquele delicioso vento. Mais como que um relâmpago entendeu tudo, era o “coração” do humano que estava triste, ele voltou a se ver como um Anjo, Seu anjo da guarda.
Parecia que ele tinha um coração humano agora, estava mesmo se tornando um? Embora soubesse que quando o humano caísse em profundo sono ele poderia voltar a céus, o que tinha sentido antes “medo de não poder ser livre” foi confundido com o sentimento do simples mortal.
Nunca tinha sentindo nada igual, pois seu sentimento era sempre “amor” não se confundia, não estremecia, nunca teve chance de dúvidas, pois sendo um ser de puro amor entendia perfeitamente.
Nada podia fazer para ajudar, apenas continuar olhando por esse humano e talvez agora que estaria em seu corpo ajudá-lo a entender esse sentimento que muitos não entendiam e repudiavam.
A Única certeza que tinha era que quem o desprezava certamente era vazio, pois quando nasceu foi por um toque de amor.

A única coisa que veio a cabeça foi àquela frase: “Eles temem tudo aquilo que não entendem“.

E com aquele pensamento ele abriu suas magníficas asas e rumou ao céu, era hora de renovar sua alma, hora de se sentir mais uma vez um “Ser Sublime“.

  • Um agradecimento especial a Claudinha que linkou meu post Ser Sublime da última segunda feira, esse post de hoje é meio que a continuação… Prometo escrever conforme as idéias forem vindo.

“Podemos prometer atos,
Não podemos prometer sentimentos…
Atos são pássaros engaiolados.
Sentimentos são pássaros em vôo”.

{“Rubem Alves”}

11 Respostas to “Mais uma vez…”

  1. Bill - Escudeiro da Rainha Says:

    Otimo texto, continuação ficou bacana…

    Fico pensando ao contrario, quando nos sentimos fora de nós mesmo…
    Quanto à perfeição… Nem os anjos a atingiram, somente é perfeito o ser amado, já que olhos apaixonados mudam a realidade… Sempre para melhor… Ta ai os motivos dos grandes tombos…

    Rubem Alves… Mais que perfeito, palavras sempre certas =]

    “Somos donos de nossos atos,
    Mas não somos donos de nossos sentimentos.
    Somos culpados pelo que fazemos,
    Mas não somos culpados pelo que sentimos.”

    Toca o barco que tem coisa demais para fazer…

    [s]s

  2. Jana Says:

    Um belo texto, me perdi aqui em devaneios…

    Beijos

  3. Indianira Says:

    Não vi o começo…mas só pela continuação imagino que tenha sido show…e rubem alves é perfect!!!Adoro muito você…

  4. Mixa Says:

    oi!
    obrigada pelo comentario!
    meu cantinho ainda está meio primitivo, confesso tenho que aprender a lidar com o blogger, como percebeu sou nova na casa, mais aos poucos vou me adaptando,
    Fico feliz com sua presença em minha festa, aceita brigadeiro?

    beijinhos de mixa

  5. Laço Lilas Says:

    …Muito bom!!

    “nunca teve chance de dúvidas, pois sendo um ser de puro amor entendia perfeitamente.” Perfeito, perfeito e perfeito…

    E esse Rubem Alvez aí..meu Deus!!!
    Adorei esse cara…rs

    bjos

  6. Julis Says:

    Lindo texto. Adorei!

  7. Donna Manú Says:

    d…, nem sempre o nosso primeiro escrito é o mais bonito ou o mais especial…mas se você deposita um pouquinho de si nele…ele passa a ser único e especial… que cada palavra sua seja como você…ÚNICO E ESPECIAL!!!

    POR FALAR EM ÚNICO…ESSE FICOU MUITO BOM!!
    BEJAUM!

  8. Rainha de Copas Says:

    Bobo, eu vejo hoje que você inspiradissimo com suas asas anda voando looonge… Quando voltar, volte bem. E com mais energia.

  9. Sieger Says:

    Na verdade… tememos tudo o que não conhecemos…

  10. Monica Says:

    Realmente..tememos o que não conhecemos.
    Cada dia que passa, vc escreve melhor. Sério mesmo.
    Beijoo
    ;***

  11. Claudinha Says:

    Olá Dj! Somente hoje pude dar uma olhadinha nos blogs amigos e fiquei muito feliz em encontrar meu nominho e palavras tão lindas. Este post mostra que tem talento e que é um escritor de mão cheia. Asas não são para qualquer um, têm que saber voar. Nunca nos entenderão completamente, cabe a nós enterdermos que a vida é muitomais complexa do que imaginamos…
    Beijão e obrigada!

Deixe sua resposta!!