Maio 2006


É impossível entender totalmente outrem 

Mesmo que anos tenham se transpassado 

E que o laço de afinidade tenha se engrossado por completo, 

Ainda sim o outro será um completo estranho 

Pois não se trata de você. 

 

Você nunca saberá o que passa na outra mente 

Você nunca saberá do que o outro realmente é capaz 

Você nunca sentirá do mesmo modo que ele sente 

Você nunca compreenderá o que ele realmente quer da vida 

Pois não há como saber 

 

O que existe no grau mais elevado 

Seria a confiança cega que o ser humano teima em depositar em outrem 

Mesmo sem saber o que virá a seguir 

Pois é nisso que reside todas as relações interpessoais 

Confiança 

 

Mas, para obtermos um elevado grau de confiança é preciso que haja comunicação 

Acima de tudo 

Pois só entendendo parcialmente como a pessoa outra pensa é que podemos julgar 

Se ela pode ou não ser digna de receber esse sentimento grandioso chamado confiança 

Que, sem o qual, é impossível de gerar qualquer outro sentimento 

 

Mesmo o amor, que em sua totalidade é definido como sendo o sentimento máximo 

Pode resistir sem confiança 

 

Há quem ame sem confiar, mas esse amor pode ser chamado de imperfeito 

Pois nunca será tão belo e grandioso sem que a confiança se faça presente 

Nunca poderá chegar ao alto grau de beleza e plenitude que alguns felizardos conseguem alcançar 

Será sempre um amor submisso, cheio de entrelinhas mal resolvidas e que teimam em crescer de uma forma totalmente assustadoras 

Até acabar de forma trágica ou dolorosa para ambas partes 

 

Mesmo que esse texto diga todas as possibilidades possíveis, ele ainda seria imperfeito 

Pois nunca será possível descrever todas as situações possíveis, nem englobar tudo que eu realmente penso a esse respeito 

Sempre será um texto incompleto, pois eu passaria minha vida toda argumentando e fundamentando tal pensamento, sem nunca efetivamente chegar a um fim ou a uma conclusão satisfatória 

 

A vida humana só é possível por esse sentimento de confiança 

Confiança que recebera o seu salário no fim do mês, confiança no motorista da condução que te leva para o serviço ou a simples confiança que a porta estar bem trancada de noite 

 

Sem confiança não há nada. Nada pode resistir sem confiança. 

 

Confiar… Viver… 

Dia engraçado. São tantas as coisas que eu pensei em escrever, mas parece que agora não faz tanto sentido eu escrevê-as. Teve dias que eu realmente pedia para essa data chegar mas, agora que é dia, eu pergunto: Para que?

Um dia como outro qualquer… Assisti 2 aulas extremamente cansativas, seguida de um seminário até interessante sobre a técnica do Direito, os erros técnicos que fazem um estrago danado em um processo, tanto cívil, trabalhista ou penal.

Um dia como outro qualquer. Madrugada trabalhando, manhã estudando, almoço na frente do PC, tarde dormindo e noite trabalhando. O que há de mais??

O que há de mais????????

O que?