Fevereiro 2006


Enfim, acho que tudo começa a se acertar…Palavras que antes ficavam paradas em minha garganta estão achando seu rumo. Isso é bom, mas não sei se realmente se mosotrá uma boa coisa…É tempo de reavaliar certos conceitos, seja qual eles forem…

Abre os teus armários eu estou a te esperar,
Para ver deitar o sol sobre os teus braços, castos
Cobre a culpa vã, até amanhã eu vou ficar,
E fazer do teu sorriso um abrigo
Canta que é no canto que eu vou chegar
Canta o teu encanto que é pra me encantar
Canta para mim, qualquer coisa assim sobre você
Que explique a minha paz, tristeza nunca
Mais vale o meu pranto que este canto em solidão,
Nesta espera o mundo gira em linhas tortas
Abre essa janela a Primavera quer entrar
Pra fazer da nossa voz uma só nota
Canto que é de canto que eu vou chegar,
Canto e toco um tanto que é pra te encantar
Canto para mim, qualquer coisa assim sobre você
Que explique a minha paz, tristeza nunca mais

*Los Hermanos*

Olá a todos.
Devo pedir desculpas a todos por negligenciar minas tão queridas visitas diárias.
Assim que tiver tempo, prometo atualizar minha lista de favoritos… há blogs que fazem por merecer. Eles são ótimos de serem lidos. Mas, como a falta de tempo me limita um pouco, não consigo adicioná-los como deveria.
Enfim, as aulas estão “interessantes”, na medida do possível. Sabe como é, Direito, Pago, Filhinhos de papai e Mulheres com Síndrome de Sandy, coisas normais… E ainda querem me roubar uns R$500,00 de livros… Afff…
Bom, dias melhores viram.
Desculpe-me pela falta de assunto, mas é que estou realmente sem idéias… Sem falar sono…