rss Buscar

Sexta Poética 47

line
Fotografia de João Carlos Santos (Expresso)


Por um rosto chego ao teu rosto,
noutro corpo sei o teu corpo.
Num autocarro, num café me pergunto
porque não falam o que vai
no seu silêncio aqueles cujo olhar
me fala da solidão.
Esqueço-me de mim. Tão quieto
pensando na sua pouca coragem, a minha
sempre adiada. Por um rosto
chegaria o teu rosto, mesmo de um convite
e desenha no ar o hábito
por que andou antes de saíres
do espaço à sua volta. Estás longe,
só assim podes pedir algumas horas
aos meus dias. Sem fixar a voz
a tua voz é uma corda, a minha
um fio a partir-se.

{Helder Moura Pereira}


Helder Moura Pereira
Nasceu em Setúbal, a 7 de Janeiro de 1949. Foi professor no Ensino Secundário e Assistente da Faculdade de Letras de Lisboa (Departamento de Estudos Anglo-Americanos). No King’s College da Universidade de Londres, como leitor, ensinou Literatura Portuguesa.

«E a manhã
perde a luz
que só havia nas palavras.»

Ja publicou perto de três dezenas de livros de poemas, esstreiou em 1976 (com o mítico Cartucho), tem sido responsável por uma obra vasta e de renovados modos poéticos.

«… Queria
prender-te, tornar a perder-te, achar-te
assim por acaso no meu dia livre a meio
da semana…»

Surgido num momento consabidamente fulcral para a poesia portuguesa, Helder soube, com uma voz própria, desde os primeiros livros, construir um caminho desbravado por uma dicção diversa de muito do que desde então se faz.

«Oiço o teu sono distante/ numa cidade ainda mais distante»

Uma poesia forte, doce para os olhos e para a alma.

«Meu vento de luz, alegria
de folhas no rosto, estampas
na pele.»

Ótimo fim de semana pra você.

Fernando Pessoa – Poema do Dia: “Passos Da Cruz” - Leia!!!
Florbela Espanca – Poema do Dia: “Talvez…” - Leia!!!

As coisas demoram o que eu não
queria…
… Desapareço
enfim…
E se houver um olhar a ir ter
com o vagaroso afastamento é só
uma razão de despedida…
… Esse precipício olhado
pela certeza de haver, o já perdido
encanto dos dias a perder-se…
{“Helder Moura Pereira”}


16 comentários

line
  1. Coloquei mal o link :)

    line

Deixe uma resposta