rss Buscar

next page next page close

A imagem

A imagem estática é um meio de concepção de si e do outro, lugar estratégico para discutir a informação e a arte. Trata-se de construir diálogos entre a linguagem verbal e não-verbal, e de encontrar na subjetividade da poética fotográfica a essência e a sobrevivência da própria fotografia.

Maurice Merleau-Ponty


next page next page close

Jorge Da Capadocia

Jorge sentou praça na cavalaria
E eu estou feliz porque eu também sou da sua companhia
Eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge
Para que meus inimigos tenham pés, não me alcancem
Para que meus inimigos tenham mãos, não me peguem, não me toquem
Para que meus inimigos tenham olhos e não me vejam
E nem mesmo um pensamento eles possam ter para me fazerem mal

Armas de fogo, meu corpo não alcançará
Facas, lanças se quebrem, sem o meu corpo tocar
Cordas, correntes se arrebentem, sem o meu corpo amarrar
Pois eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge

Jorge é de Capadócia, viva Jorge!
Jorge é de Capadócia, salve Jorge!

Perseverança, ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor
Perseverança, ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor

Ogam toca pra Ogum
Ogam toca pra Ogum
Ogam, Ogam toca pra Ogum

Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia

Ogam toca pra Ogum
Ogam toca pra Ogum

Jorge sentou praça na cavalaria
E eu estou feliz porque eu também sou da sua companhia

Ogam toca pra Ogum
Ogam toca pra Ogum

Jorge da Capadócia


next page next page close

Mulheres, mulheres…


Quando Há Lua

Quando há lua e as mulheres passeiam de vestidos floridos,
Espantam-me os seus olhos, as suas pestanas e toda a ordem do mundo.
Parece-me que de tão grande e mútua atração
Podia, enfim, resultar a verdade definitiva.

{Czeslaw Milosz}

Um dia, entre todos…
Vocês, sempre uma luz a seguir…

:**


next page next page close

Sogno Di Un Carnevale


(…)
No carnaval, esperança
Que gente longe viva na lembrança
Que gente triste possa entrar na dança
Que gente grande saiba ser criança

{Sonho de um Carnaval – Chico Buarque}


next page next page close

Natal…

E lá se vai outro ano, nunca um igual ao outro, ao meu ver a cada ano tudo fica mais amargo… Mas distante do sonho que criamos em outros tempos.
Foi um ano estranho onde perdi uma parte da minha vida, uma pessoa amada, ainda não me acostumei, acredito que nunca vá me acostumar, ainda vejo aqueles calmos olhos azuis e ainda me doi só poder lembrar…
Os caminhos traçados parecem não ter direção unica, já me perdi tantas vezes que nem sei mais onde queria chegar assim fico na duvida se estou fazendo o que é certo ou não…
Não sou de fazer planos, desde que descobri que eles teimam em não dar certo, não é pessimismo é uma constatação, todos os planos traçados chegam a um fim que nunca é o que planejamos, felizes ou não o fim deve ser o começo de outro plano e assim por diante… Já não espero que eles se realizem…
Simplesmente sigo… em um desses caminhos ganhei uma segunda familia, com pessoas tão especiais que não saberia mais viver sem eles, um Campo cheio de flores e sorrisos, um Belo sonho pintado a varias mãos…
Então o que desejar para o próximo ano… Poderia desejar o que vemos por ai nas ruas, feliz natal e um feliz ano novo… Com luzes e presente… Mas prefiro desejar que a esperança se renove…Que tudo seja o que tiver que ser e que possamos sorrir… chorar… e viver.

Desejos dias cheios de surpresas e realizações.


next page next page close

Minuit

Au-dedans de nous-mêmes (…) ce n’est pas très loin, et c’est pourtant si loin qu’on n’a pas toujours assez de toute une vie pour y arriver.

{Julien Green}


next page

A imagem

A imagem estática é um meio de concepção de si e do outro, lugar estratégico para...
article post

Jorge Da Capadocia

Jorge sentou praça na cavalaria E eu estou feliz porque eu também sou da sua...
article post

Mulheres, mulheres…

Quando Há Lua Quando há lua e as mulheres passeiam de vestidos floridos, Espantam-me...
article post

Sogno Di Un Carnevale

(…) No carnaval, esperança Que gente longe viva na lembrança Que gente triste...
article post

Natal…

E lá se vai outro ano, nunca um igual ao outro, ao meu ver a cada ano tudo fica mais...
article post

Minuit

Au-dedans de nous-mêmes (…) ce n’est pas très loin, et c’est pourtant si loin...
article post